Xinhua Silk Road: Kunming continua a promover a criação de um centro regional internacional

BEIJING, 24 de setembro de 2019 /PRNewswire/ — Kunming, capital da província de Yunnan, no sudoeste da China, se transformou gradualmente em um centro regional internacional graças ao rápido desenvolvimento econômico e social nos últimos 70 anos.

Kunming contínua a promover sua abertura, trabalhando ativamente na criação da iniciativa Cinturão e Rota. A cidade estabeleceu relações comerciais com 203 países e regiões, e atraiu 98 das 500 maiores empresas do mundo para investir. Em 2018, o valor total das exportações da cidade atingiu 13,12 bilhões de dólares americanos.

De 1952 a 2018, o PIB de Kunming aumentou de 156 milhões de yuan para 520,6 bilhões de yuan, um aumento de 543 vezes, e o PIB per capita excedeu 10.000 dólares americanos. A receita orçamentária geral da cidade aumentou de 366 milhões de yuan em 1978 para 59,563 bilhões de yuan em 2018, um aumento de 162,7 vezes. A estrutura industrial da cidade está sendo gradativamente melhorada, com a contribuição para o PIB das indústrias primárias, secundárias e terciárias ajustada de 39:34:27 em 1952 para 4,3:38,4:57,3 em 2018.

Quanto à urbanização, a área urbana de Kunming se expandiu de 7,8 quilômetros quadrados em 1949, quando foi fundada a República Popular da China, para 416 quilômetros quadrados atualmente, o que significa um aumento de 52,3 vezes. Atualmente, os residentes urbanos representam 72,9 por cento dos residentes permanentes da cidade, índice que era de apenas 29,5 por cento em 1978.

Em termos de transporte, a taxa de cobertura da rede de ônibus urbanos de Kunming atingiu 79 por cento, o que a coloca em segundo lugar entre as cidades da China. A extensão do trem urbano da cidade é de 88,76 quilômetros e a da via expressa é de 766 quilômetros. Com o início das operações do Aeroporto Internacional Kunming-Changshui em 2012, o papel da cidade como centro de transporte ficou ainda mais saliente.

Conhecida como a “Cidade da Primavera”, Kunming promove enfaticamente o conceito de desenvolvimento verde e dá grande atenção à civilização ecológica. Em 2018, a taxa de cobertura florestal da cidade atingiu 49,57%, e a área verde pública per capita aumentou três vezes em relação a 1952. A qualidade da água do Lago Dianchi, que já foi um dos lagos mais poluídos da China, subiu para o grau IV em 2018, o melhor dos últimos 30 anos.

Veja o link original: https://en.imsilkroad.com/p/308507.html

FONTE Xinhua Silk Road Information Service

SOURCE Xinhua Silk Road Information Service

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *